Home Banco de Sangue Quem pode doar? Banco de Sangue Sobre

Sangue é uma substância nobre, responsável pelo transporte do principal combustível de nosso organismo, o oxigênio. Apesar das inúmeras tentativas de se criar um substituto, ainda não pode ser produzido industrialmente. Diariamente, milhares de pessoas precisam de sangue. Sem sangue, a saúde entra em colapso. Não é tarefa fácil manter os estoques. Por isso, cabe a cada um de nós pensar de que maneira um gesto espontâneo como esse pode mudar para sempre a vida de alguém.

Pessoas saudáveis podem e devem doar. Lembre-se: pode ser que um dia alguma pessoa de quem você goste muito (parente, amigo) venha a precisar de sangue. Inclusive você mesmo!

imagem
Quem pode doar? - INGOH - Instituto Goiano de Oncologia e HematologiaINGOH - Instituto Goiano de Oncologia e Hematologia
Banco de Sangue Unidades

Quem pode doar?

Para doar, é necessário:

- Idade entre 16 a 69 anos. Menores de 18 anos (entre 16 a 17 anos) só poderão doar com autorização por escrito do responsável legal. O limite para a primeira doação é de 60 anos.

- Peso mínimo de 50 quilos. Não devem ser aceitos doadores com perda de peso inexplicável (> 10% do peso corporal nos 3 meses que antecedem a doação).

- Doação anterior deve ter intervalo mínimo de 60 dias para homens e 90 dias para mulheres.

- O doador precisa ser saudável e cumprir determinadas condições. Várias medidas de rastreamento são usadas para garantir que a doação de sangue seja segura para o doador e não gere efeitos nocivos para a saúde.

- É necessário apresentar documento oficial com foto (carteira de identidade, de trabalho, CNH, passaporte ou carteira de identidade profissional).

O INGOH segue critérios do Ministério da Saúde e da ANVISA em relação aceitação ou rejeição do doador de sangue.

 

Para ler mais sobre o assunto, clique nos links abaixo:

Portaria do Ministério da Saúde nº 158, de 04 de fevereiro de 2016  (Redefine o regulamento técnico de procedimentos hemoterápicos)

Resolução - RDC n° 34, de 11 de junho de 2014  (Dispõe sobre as Boas Práticas no Ciclo do Sangue)

Resolução - RDC nº 75 de 02 de maio de 2016 (Altera a Resolução da Diretoria Colegiada - RDC N° 34, de 11 de junho de 2014, que dispõe sobre as Boas Práticas no Ciclo do Sangue)