Home Banco de Sangue Grupos Sanguíneos Banco de Sangue Sobre

Sangue é uma substância nobre, responsável pelo transporte do principal combustível de nosso organismo, o oxigênio. Apesar das inúmeras tentativas de se criar um substituto, ainda não pode ser produzido industrialmente. Diariamente, milhares de pessoas precisam de sangue. Sem sangue, a saúde entra em colapso. Não é tarefa fácil manter os estoques. Por isso, cabe a cada um de nós pensar de que maneira um gesto espontâneo como esse pode mudar para sempre a vida de alguém.

Pessoas saudáveis podem e devem doar. Lembre-se: pode ser que um dia alguma pessoa de quem você goste muito (parente, amigo) venha a precisar de sangue. Inclusive você mesmo!

imagem
Grupos Sanguíneos - INGOH - Instituto Goiano de Oncologia e HematologiaINGOH - Instituto Goiano de Oncologia e Hematologia
Banco de Sangue Unidades

Grupos Sanguíneos

Antes de mais nada, os componentes do sangue:

O sangue é composto por plasma, onde células especializadas estão suspensas:

- Glóbulos vermelhos (eritrócitos), responsáveis pelo transporte de oxigênio para os tecidos;

- Glóbulos brancos (leucócitos), responsáveis pela proteção contra infecções;

- Plaquetas, que ajudam a manter o sangue dentro do vaso, fazendo parte do sistema de coagulação

Todas as células sanguíneas desenvolvem-se a partir de células precursoras (também chamadas de células mãe ou stem cells), produzidas principalmente na medula óssea.

O plasma contém proteínas, substâncias químicas, fatores de coagulação e diversas substâncias metabólicas.

O que são  antígenos?

A superfície dos glóbulos vermelhos é revestida com antígenos, que são partículas ou moléculas capazes de deflagrar a produção de anticorpos específicos (esse conhecimento permite a utilização destes anticorpos específicos em testes laboratoriais para identificação dos antígenos). Os antígenos podem ser de natureza bioquímica variada, podendo ser compostos por carboidratos, lipídeos, proteínas ou uma mistura desses compostos. Estão sempre ligados a componentes da membrana celular.

O que são grupos sanguíneos?

O sistema de grupo sanguíneo é uma coleção de um ou mais antígenos que estão sob o controle de um único gene ou de um conjunto de genes homólogos estreitamente ligados. Trinta e cinco sistemas de grupos sanguíneos (342 antígenos de células vermelhas) são reconhecidos pela International Society for Blood Transfusion.

A relevância destes antígenos se encontra principalmente no contexto das transfusões de sangue e dos transplantes. Estas moléculas de superfície podem levar a uma resposta do sistema imune, que pode destruir as células transfundidas ou transplantadas, gerando uma série de consequências graves, podendo levar, inclusive, ao óbito de quem as recebe. Além disso, alguns antígenos de superfície de hemácias têm funções celulares com relevância clínica, como o sistema MSN, que funciona como uma chaperona, que são proteínas que ajudam a consertar erros na fabricação de outras proteínas. Outros grupos são alvos de ataque imune em certas infecções, como ocorre com o sistema Duffy e MSN, que podem funcionar como receptores de certas espécies de malária. Além disso, alguns são receptores de citocinas (extenso grupo de moléculas envolvidas na sinalização entre as células) e que são importantes na resposta que o corpo orquestra contra infecções.

Clique aqui para entender mais sobre sistema ABO

Clique aqui para entender mais sobre sistema Rh