Edit Content
Search

Covid longa: sequelas da doença resistem ao fim do tratamento

Você esta em:

  1. Home
  2. »
  3. Notícias
  4. »
  5. Covid longa: sequelas da doença resistem ao fim do tratamento

Indice

Covid longa

Sequelas da doença resistem ao fim do tratamento

 

covid longa - sequelas do tratamentoUma extensa lista de sintomas pode acompanhar o paciente diagnosticado com Covid-19. Para falar sobre isso, a endocrinologista Marília Zanier, que compõe o corpo do Instituto Goiano de Oncologia e Hematologia (INGOH), concedeu entrevista ao jornal O Popular. A médica ressaltou que o descontrole hormonal está entre os principais sintomas enfrentados por pessoas que convivem com a popular Covid Longa.

Tais circunstâncias são acompanhadas por pesquisas clínicas e, ao periódico, a médica revelou que “Os principais problemas são relacionados à tireoide e diabetes. Em um dos estudos, a Covid foi associada a um risco de 64% maior do paciente ter diabetes”. Ela compartilhou ter pacientes jovens que desenvolveram diabetes tipo 1 depois de quadros mais graves da doença causada pelo vírus SARS-CoV-2.

Outra alteração abordada foi a descompensação da glândula tireoide, responsável pela produção de hormônios. “O vírus consegue entrar na glândula e pode acontecer uma tireoidite, que é a inflamação que pode causar uma tireoide subaguda, como caxumba e rubéola”, explicou Zanier ao jornal O Popular.

Tais quadros podem ser controlados, desde que acompanhados por médicos especialistas. É essencial, portanto, que você se atente aos sintomas apresentados, mesmo após o fim do tratamento. Em caso de dúvidas, procure um médico. Aqui no INGOH, temos excelentes profissionais, de diversas especialidades, sempre prontos a lhe ajudar! Conte conosco e, para agendamento de consultas, nos acione número (62) 3226-0200, que também é WhatsApp.

Para acessar a reportagem completa, clique aqui.