Edit Content
Search

Novembro Azul e a importância da detecção precoce do câncer de próstata

Você esta em:

  1. Home
  2. »
  3. Blog
  4. »
  5. Novembro Azul e a importância da detecção precoce do câncer de próstata

Indice

Segundo Instituto Nacional de Câncer (INCA), câncer de próstata é segundo tipo de câncer mais comum em homens no Brasil. É também, segundo com maior taxa de mortalidade

Começou a Campanha Novembro Azul, um mês todo dedicado a saúde do homem. O movimento internacional que acontece durante todo o mês tem como principal objetivo conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata.

“Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), estima-se que haverá em torno de 72 mil novos casos de câncer de próstata, somente neste ano de 2023. Podemos dizer que em torno de 1 a cada 6 homens poderá vir a ter câncer de próstata, e de 1 a cada 36 homens poderá vir a falecer”, explica o membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia e membro do corpo clínico do INGOH, Dr. Leandro Ferro.

Infelizmente, há vários tabus e equívocos em torno do câncer de próstata, que podem levar a desinformação e atrasar diagnósticos. É importante romper com essas barreiras para promover uma conscientização adequada sobre o assunto. E é justamente por isso que nós do INGOH temos equipe capacitada para receber e informar o público.

Além disso, reforçamos a importância de conversar com um profissional da saúde, fazer exames de rotina e buscar informações precisas; medidas que são passos essenciais para lidar com essa questão de forma adequada e eficaz.

Em alguns casos o câncer de próstata em sua fase inicial pode ser assintomático e  alguns homens podem até ignorar sintomas como dificuldade em urinar, dor na região pélvica ou nas costas, sangue na urina e jato fraco. E, como esses são sinais do câncer de próstata em fase mais avançada, tal medida pode resultar em um diagnóstico tardio e dificultar o tratamento. “A recomendação é que homens com idade acima de 50 anos realizem exames preventivos anuais para detecção, especialmente se apresentarem fatores de risco. No entanto, para homens negros ou aqueles com histórico familiar de câncer de próstata, a recomendação é iniciar os exames aos 45 anos”, esclarece Ferro.

Os exames de rastreamento para o câncer de próstata geralmente incluem o exame de PSA (Antígeno Prostático Específico, exame de sangue que mede os níveis dessa proteína produzida pela próstata) e o exame de toque retal. Ambos os testes são importantes, pois juntos oferecem uma avaliação mais abrangente e melhoram as chances de detecção precoce de qualquer problema na próstata, incluindo o câncer.

É fundamental que os homens estejam atentos à sua saúde e sigam as recomendações médicas quanto aos exames preventivos. A conscientização sobre a importância desses exames é uma das chaves para a promoção da saúde e bem-estar masculina, especialmente porque em estágios iniciais o câncer de próstata não apresenta sinais. Quando esses aparecem, podem ser confundidos com outras doenças.

Portanto, reforçamos: mantenha a regularidade de suas consultas de rotina e venha para o INGOH. Aqui, nosso cuidado vai muito além da técnica; ele é feito com zelo e acolhimento.