TV Anhanguera mostra ação Correio do Afeto do INGOH

Pacientes que necessitam de sangue durante tratamento escrevem cartinhas de agradecimento para doadores. Recados emocionam destinatários

No dia 26 de agosto, os doadores de sangue do INGOH foram surpreendidos com cartinhas de agradecimento. Elas foram escritas por pacientes assistidos na unidade de saúde e necessitam de sangue durante o tratamento. A ação foi divulgada pela TV Anhanguera, conforme exibe o vídeo abaixo, por mesclar a relevância pública do assunto e a humanização da assistência, práticas que fazem parte da rotina do INGOH.  Importante ressaltar que o sigilo entre doador e receptor foi mantido, pois os pacientes fizeram uso de sangue doado em outra ocasião.

Estreitar o elo existente entre doador e receptor é uma forma de demonstrar na prática a importância da doação de sangue. Pensando nisso, o INGOH idealizou o Correio do Afeto, prática que possibilita aproximar as duas partes desse processo. Os recadinhos emocionaram os destinatários, que seguravam nas mãos uma prova do quanto a atitude voluntária da doação de sangue é essencial para salvar a vida de alguém.

“Quero agradecer pelo recadinho. Fiquei muito emocionado! Eu sou doador de plaquetas aqui no INGOH há 10 anos, desde que meu filho precisou da doação de alguém. Depois disso, nunca mais parei”, conta Leandro Barbosa. Ele, em mais um dia convencional de doação, foi surpreendido com um recado emocionado de uma paciente que preferiu se identificar apenas por Cristiane. “Quanto mais doador no mundo, mais amor distribuído!”, enfatiza Barbosa.

Na outra ponta, Sofia Marques, de 5 anos, faz acompanhamento para controle de anemia falciforme, no INGOH, cujo tratamento precisa de transfusão sanguínea. Além do Correio do Afeto oficial, ela fez questão de produzir uma linda pintura: uma menina rodeada por corações. “Fiz esse desenho porque eu quero espalhar amor no mundo e agradecer por tudo”, conta a pequena. Renato Costa, que estava na unidade doando plasma de convalescente ficou emocionado ao receber os recados de Sofia. “Eu nunca imaginei uma surpresa dessas! Torço para que a Sofia e tantas outras pessoas que precisam de sangue sejam curadas e desejo, também, que a população tome consciência do quanto é importante a doação”, observa Costa.

Confira o vídeo na íntegra e se emocione com esses depoimentos:

Assessoria de Imprensa | INGOH

Deixe um Comentário