Reumatologia

A idéia de que as doenças reumáticas são as que acometem apenas o tecido conjuntivo, articulações e ossos nem sempre é correto. Muitos pacientes podem não apresentar estes sintomas e sim sinais de comprometimento do sangue, dos rins, do coração, dos pulmões, da pele, etc. O diagnóstico precoce, estabelecendo causas, tratamentos e conseqüências das diversas doenças reumáticas, é fundamental. Motivo pelo qual se torna importante saber qual a doença de cada paciente, ao invés de simplesmente classificar como “reumatismo”.

Dentre as doenças identificadas e tratadas pelo Reumatologista, podemos citar:

Doenças difusas do tecido conjuntivo – estão relacionadas aos distúrbios do sistema imunológico, que passam a reagir contra uma célula, tecido ou outro antígeno do próprio organismo: lúpus eritematoso sistêmico; artrite reumatoide, esclerose sistêmica, polimiosite e dermatomiosite, síndrome de sjögren, síndrome do anticorpo antifosfolípide.

Vasculites sistêmicas: arterite de Takayasu, granulomatose de Wegener, arterite temporal, doença de Behçet.

Espondiloartropatias – doenças da coluna vertebral com ou sem artrite em articulações periféricas e inflamação em outros órgãos como o olho: espondilite anquilosante, síndrome de Reiter, espondiloartropatia da psoríase, espondiloartropatia das doenças inflamatórias intestinais, espondiloartropatias reativas.

Doenças osteometabólicas – afetam principalmente os ossos: osteoporose, osteomalácea, doença de paget, hiperparatiroidismo.

Doenças articulares degenerativas – doenças degenerativas das articulações: osteoartrose

Artropatias Microcristalinas – causadas por microcristais: gota

Reumatismos extra-articulares – não afetam a articulação propriamente dita: fibromialgia, dor miofascial, tendinites e bursites, esporões do calcâneo, fasciíte plantar.

Médicos que atendem essa especialidade: